Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

AMELIANAS

Ernande Valentin do Prado
- Tomei uma dipirona, achei que estava com febre. Disse Cátia, sorrindo, sem dar importância demais. - E por que não tomou só um banho? Perguntei eu, com minha objetividade de enfermeiro que não gosta muito de medicações. - E dava? Respondeu ainda sorrindo, Cátia, e continuou explicando e gesticulando: - ... Eu estava sozinha com Sofia. Minha mãe e minhas irmãs tinham saido, Estava sozinha e ela não me deixa. Era só afastar um pouquinho e ela abre a boca. Fui conseguir tomar um banho só quando minha irmã chegou, mais de uma hora. Ela falava sorrindo, só contando, não tinha lamento, dúvida, arrependimentos. Nós dois na porta da Unidade de Saúde, eu por não encontrar o que fazer, ela esperando a Médica, de novo atrasada mais de duas horas. - Meus peitos estão tão cheios, chega escorrer. Cátia é uma adolescente de 17 anos, mais ou menos um metro e cinquenta. De aparência dá para ver que o peso ainda não voltou ao normal pré-gravídico. Ainda tá gordinha, a barriga levantan…

Últimas postagens

TODO MUNDO TEM UM POUCO II

Jogar as sementes sem expectativa [Julio Wong Un]

Segunda alquimia de hoje (ou diário de um dia só ) [Julio Wong Un]

Alquimia [julio wong un]

FORMAR PARA A LIDERANÇA [Eymard Vasconcelos]

ENCONTRAR-SE

Loucura de cruz [Eymard Vasconcelos]

TODO MUNDO TEM UM POUCO I

cair na real - ficção científica [Julio Wong Un]

Sombrero cajamarquino [Paula Wong Zevallos]

O PESCOÇO DINOSSAURO

Entretenimento e dispersão [Eymard Vasconcelos]

Junto

PEQUENA HISTÓRIA AMIGA DE TEMPO E TERNURA [Maria Amélia Mano]

No se fue (un guiño de Don Andrés...) [Julio Alberto Wong Un]

O espírito paira sobre o mundo. Sopra onde quer. [julio wong]

TRÊS COLHERES DE CAFÉ E UMA XÍCARA DE AÇUCAR