Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

FORÇA E CORAÇÃO

Maria Amélia Mano
Anos em dois empregos, economias e fundo de garantia, tudo aplicado em singelos e sonhados 42 metros quadrados: meu primeiro apartamento em um predinho antigo e simpático. Energia boa, ensolarado, luz direta em todas as quatro fantásticas peças. Duas janelas para rua. Era tudo que eu queria. Animada, resolvi fazer uma reforma sem arquiteto, sem dinheiro, mas com indicações, intuições e palpites. Esses ingredientes e mais a ingenuidade me levaram a uma óbvia decepção. Me divorciei do meu primeiro mestre de obras antes que inaugurasse seus antecedentes criminais. 
Veio o segundo pretendente, Seu Tonho, um velhinho sedutor e seu ajudante que parecia o Homem de Pedra do Quarteto Fantástico. Eu o chamava de Montanha. Lembro da alegria quase infantil de Montanha quando decidi derrubar parte da parede entre a cozinha e a sala, unindo os ambientes (sempre achei chique cozinha americana). Montanha era a força e Seu Tonho era o cérebro, pensava eu. Tudo ia bem até que cometi u…

Últimas postagens

MATADOR DE CANGACEIRO

CASINHA

FÉ, ESPERANÇA, UTOPIA, ILUSÃO

MAPA DO ROSTO

MARIAS

CRESCER

Desencontros

ESSAS NOSSAS COISAS BOAS

AMOROSIDADE (SEGUNDA PARTE)