Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

FORÇA VERDE

Maria Amélia Mano
Ainda há pouco, era apenas uma estrela Zé Ramalho
Parente distante do jacaré do pantanal, das serpentes noturnas, dos misteriosos lagartos com terceiro olho, dos espetaculosos camaleões com olho que gira 360 graus, dos tiranossauros que dizem, morreram do enxofre de um meteorito (mas que prefiro acreditar que fugiram em disco voador), aqui está ela: Mirinha. Mirinha, a pequena lagartixa amarela, tímida e rebolativa, que passa entre fogão e pia. 
Dividimos, juntas, o calor da cozinha, em inverno que pede sopa. A que borbulha no fogo feito o caldo quente que, há milhões de anos, gerou nossos antepassados. Aquele caldeirão de bruxarias do universo que se fez de explosão, quando nasceu o sol e a lua. Sim, estávamos ouvindo Zé Ramalho. Sim, bebíamos vinho e conversávamos sobre a vida. Eu, inquieta, desejando coisas novas. Ela, frágil, com vida breve, desejando só viver e conversar:
- Sim, sim, sou parente daquelas iguanas da praça de Anguera. Lembra?
E a noite começou a ficar m…

Últimas postagens

Caminhada contra a intolerância religiosa [fotos e vídeo Julio Wong Un]

3 KAFKIANO - DEZ HISTÓRIAS SOBRE A INTERNAÇÃO DA MENINA DE OLHOS AMARELOS

Raízes

A TEMPESTADE QUE CHEGA É DA COR DOS TEUS OLHOS

MANOBRAS - FRAGMENTOS DE MEMÓRIAS VERDE OLIVA

O Fim da Vontade de ser mais

JOSÉ E O SABIÁ

o crepúsculo mais lindo [Júlio Wong]

2 ABANDONADOS - DEZ HISTÓRIAS SOBRE A INTERNAÇÃO DA MENINA DE OLHOS AMARELOS